Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ondas suaves

Ondas Suaves não é nada mais que a tradução literal dos caracteres 宁波 (Ningbo). Uma pequena cidade costeira situada na província de Zhejiang, China.

ondas suaves

Ondas Suaves não é nada mais que a tradução literal dos caracteres 宁波 (Ningbo). Uma pequena cidade costeira situada na província de Zhejiang, China.

Em Pequim

A minha passagem por Pequim foi curta, somente uma noite para descansar um bocado das viagens de avião e apanhar o comboio para Ningbo logo na manhã seguinte. Só mais 7 horinhas e pouco sentado.

 

A primeira impressão que tive da China continua actual «wow!». Conheci algumas pessoas nas viagens de avião e fiz-me logo companheiro de um alemão que sabia falar chinês, ajudou-me a tratar das burocracias do aeroporto e na despedida avisou-me «Vais ver uma quantidade absurda de pessoas com cartazes nas mãos, portanto procura bem pelo teu nome.» Andei devagarinho e olhei para todos os lados... tanta gente! Só mesmo na ultima curva quando já pensava que se tinham esquecido de mim lá vejo um cartaz com «Nationality: Portuguesa». Tentei comprimenta-los mas em vão, luvas nas maos e mascaras na cara... a primeira coisa que fizeram depois de confirmarem a minha identidade foi perguntar se queria luvas e mascara «Por causa da poluição?» - perguntei. Nop ... apontaram-me para os cartazes das outras nacionaliades e lá estavam uns 5 paises africanos. Fiz cara de estupefacto e disse «Não obrigado.», a minha geografia deve ser muito má, porque aqueles países ficam bem distantes da tão temida ébola.

 

Tudo é tão diferente, a começar pelo tempo, vinha preparado para o frio e mal saí do aeroporto estava um calor que mal conseguia respirar. A curta viagem do aeroporto para a Universidade de Pequim demorou quase duas horas... como é possível andar duas horas de autoestrada na mesma cidade?

Conheci o amigo Amid (India), estavamos na mesma situação, apenas de passagem para apanhar o comboio para as nossas cidades de destino. Deixamos as malas no quarto saimos em busca de comida [na foto está o restaurante onde jantamos].

 

Duas notas: 1-Nada de internet nem telemovel. 2-Como é possivel circularem tantas pessoas/motas e bicicletas em ruas tão pequenas?

 

Deram-me alguns yuans para a mão e na manhã seguinte deixaram-me na estação de comboios (mais uma hora de viagem) completamente sozinho. Aí começou a aventura!